Desde o último Congresso Mineiro Online de Pediatria, realizado pela Sociedade Mineira de Pediatria (SMP) em novembro de 2021, o tema do evento “Criando futuros: por uma pandemia de esperança” se tornou lema da SMP em 2022. De acordo com a instituição, com a pandemia da Covid-19 alguns chavões e concepções perigosas surgiram, como “Geração Covid” e “Geração, Perdida” para designar crianças e adolescentes que viveram e ainda vivem este período de restrições. Assim, preconceituosamente, novos rótulos passam a fazer parte dos clichês cotidianos e o papel da SMP é combater tais concepções.

A instituição acredita que as adversidades da vida e como a população lida com elas são um convite para construção da resiliência e do aprendizado. “Desejamos que a sociedade como um todo seja sempre proativa em ações de defesa das crianças e dos adolescentes e rechace qualquer rótulo, sempre”, comenta o pediatra Cássio da Cunha Ibiapina, presidente da SMP. Ele ainda lembra dos conceitos do verbo esperançar e do substantivo esperança. “O primeiro significa se levantar, ir atrás, construir e juntar-se com outros para fazer de um modo diferente. Esperança é acreditar que vai dar certo e ter capacidade de não desistir”.

A Sociedade Mineira de Pediatria, então, convida a todos para fazer uma reflexão contra o preconceito, a vulgaridade, a ignorância, criando laços que defendam as crianças e adolescentes. “Não se pode permitir que eles, que são os mais fragilizados por perdas irreparáveis nessa pandemia, ainda tenham que conviver com esse tipo de conduta. Por isso é importante que todos estejamos CRIANDO FUTUROS, POR UMA PANDEMIA DE ESPERANÇA”, finaliza Ibiapina.

Confira o vídeo da Campanha:

Acompanhe as redes sociais da Sociedade Mineira de Pediatria. Toda sexta-feira uma dica de evento cultural, esportivo ou de educação, além de exemplos de projetos sociais que valorizem a criança e o adolescente serão postados.

Leave a Comment