Saúde Escolar é tema de Fórum da AMP



Saúde Escolar é tema de Fórum da AMP

 

Distúrbios de aprendizagem, relação entre professor e aluno, TDAH, mundo digital e bullying. Esses são alguns dos assuntos que serão discutidos no VI Fórum da Academia Mineira de Pediatria (AMP). Com apoio do Comitê de Saúde Escolar, o evento acontece nos dias 24 e 25 de março, no auditório do CRMMG, em Belo Horizonte. Gratuito e aberto ao público, o Fórum deste ano tem como tema “Os desafios da Escola na Atualidade”. O presidente da Academia, Paulo César Pinho Ribeiro, pediatra e especialista em adolescentes, fala um pouco mais sobre o Fórum e seus objetivos. Confira:

O Fórum da Academia Mineira de Pediatria tem como princípio ser um evento científico gratuito e aberto para a comunidade. Qual a importância disso? Por que envolver a comunidade em um evento dessa natureza?

A Academia Mineira de Pediatria (AMP) é entidade sem fins lucrativos, formada por pediatras do estado de Minas Gerais que, por muitos anos, contribuíram para a especialidade. Participam dela pediatras com reconhecidos serviços à Sociedade Mineira de Pediatria (SMP) e que, com muito trabalho, ajudaram a traçar a história da pediatria em Minas. A AMP é, hoje, um órgão de apoio e fonte de consulta, história e registros da SMP. Todos os eventos das Academias de Pediatria, a brasileira e as estaduais, visam contemplar, também a comunidade. Com isso, os eventos são também abertos a todas as pessoas interessadas nos temas discutidos. Sendo um evento que discute escola, grande é o interesse dos pais no tema.

Por que os desafios na escola na atualidade?

Todos nós sabemos das dificuldades por que passam nossas escolas, tanto públicas como particulares, em todos os aspectos: o currículo, a disciplina, os limites, a influência das mídias, a inclusão, os diversos tipos de alunos e o distúrbio de aprendizagem, a medicalização excessiva, as mudanças sempre sugeridas pelo MEC, a influência da política nas escolas e no meio estudantil. Isso tudo nos preocupa, daí a chance de em um evento dessa natureza refletirmos sobre essas questões, debatermos os diferentes temas e criarmos sugestões e projetos para lidar melhor com os desafios.

O pediatra deve estar atento para os temas ligados à educação de crianças e adolescentes? Por quê?

Sim, os pais escutam muito os pediatras e estão muito abertos às suas orientações, principalmente, no início da vida dos filhos, motivos pelos quais os pediatras devem acompanhar o que se refere à vida escolar de seus clientes, crianças e adolescentes.

Para o Fórum, vocês estão esperando a presença de quais profissionais? Essa interação entre pediatras e outros profissionais, da saúde e da educação, é importante para o conhecimento integral da criança e do adolescente?

Como o Fórum é aberto a todos, sem cobrança de taxas, estamos esperando todo o tipo de profissionais de curso superior, curso médio, curso profissionalizante, Ongs, ou seja, todo o pessoal que tenha interesse na área, além de estar aberto a toda a comunidade. Sim, nada melhor para a criança e o adolescente que ele seja orientado, tratado e visto numa visão biopsicossocial, numa atenção integral.

Quais são os destaques do evento?

Vamos focalizar vários temas: distúrbio de aprendizagem; relação professor/aluno; a atividade física na escola como fator preventivo da obesidade; os primeiros 1000 dias da criança determinando o futuro e a escolaridade; déficit de atenção e hiperatividade/abuso de medicação; a inclusão escolar; a criança, o adolescente e a escola – desafios; transtorno do espectro autista; dislexia; avaliação neuropsicológica; a importância da leitura para a criança; bullying; mal-estar na educação; neurociências – criança e educação e a influência da mídia digital na escola influenciando a ética, comportamento e sexualidade do aluno e outros temas que o fórum achar interessante incluir nos debates.

Para se inscrever no Fórum, basta clicar aqui e preencher uma ficha, que deve ser enviada para a secretaria da SMP. Lembrando que o evento é gratuito e qualquer pessoa pode se inscrever.

 

Leave a Comment